top of page
Buscar
  • Foto do escritorRicardo Bernardo

BLACKBRIAR anuncia novo álbum de estúdio 'A Dark Euphony'

BLACKBRIAR anuncia novo álbum de estúdio 'A Dark Euphony'



Hoje o BLACKBRIAR anuncia seu novo álbumA Dark Euphony, que será lançado no dia 29 de setembro pela Nuclear Blast Records. ADark Euphony traz 11 novas faixas. Juntamente com o álbum, o BLACKBRIAR também lança um novo vídeoclipe para a música 'Cicada'.


Zora Cock comenta:

“Reza a Lenda de que as cigarras já foram humanas. Quando as Musas vieram ao mundo, elas encantaram algumas pessoas para que cantassem, elas amavam tanto cantar que se esqueciam de comer e dormir e morriam. As Musas recompensaram estes transformando-os em cigarras que cantam continuamente. Nesta música, peço à minha musa que me transforme em uma cigarra depois que eu morrer.”


Pré-venda do álbum A Dark Euphony aqui:


Ouça 'Cicada' aqui:


Assista ao videoclipe para a faixa 'Cicada' aqui:


racklist 'A Dark Euphony':


1. An Unwelcome Guest

2. Far Distant Land

3. Spirit of Forgetfulness

4. Bloody Footprints in the Snow

5. The Evergreen and The Weeping Tree

6. Cicada

7. My Soul´s Demise

8. We Make Mist

9. Thumbelina

10. Forever and a Day

11. Crimson Faces


Algumas semanas atrás, o BLACKBRIAR também anunciou sua 'The Euphonic Downfall Tour 2023' ao lado da banda AD INFINITUM. Eles terão o apoio da banda PHANTOM ELITE. 'The Euphonic Downfall Tour 2023' inclui 10 datas na Alemanha, Holanda e Suíça.


Datas da turnê: The Euphonic Downfall Tour 2023

apoio: PHANTOM ELITE


26.09 DE - Saarbrucken, Garage

27.09 DE - Munich, Backstage

28.09 NL - Utrecht, Tivoli

29.09 NL - Heerlen, Nieuwe Nor

30.09 DE - Oberhausen, Resonanzwerk (+)

02.10 DE - Hamburg, Logo

03.10 DE - Leipzig, Hellraiser

05.10 DE - Aschaffenburg, Colos-Saal

06.10 CH - Solothurn, Kofmehl (*)

07.10 CH - Schaffhausen, Kammgarn (*)

(+) festival

(*) plus opener - INFINITAS





Confira também as faixas recentemente lançadas 'My Soul´s Demise' e 'Crimson Faces' aqui:


Ouça 'My Soul´s Demise' aqui:



Assista ao videoclipe para a faixa 'My Souls Demise' aqui:



Ouça 'Crimson Faces' aqui:



Assista ao videoclipe para 'Crimson Faces' aqui:



Sobre BLACKBRIAR:


Formado em 2012 por Zora Cock, René Boxem, Bart Winters e Frank Akkerman, Blackbriar criou seu primeiro single em 2014 com 'Ready to Kill', mas foi o segundo single de 2015, 'Until Eternity', que realmente os impulsionou na cena. Uma faixa arrebatadora com um vídeo igualmente atraente e bonito que possui mais de 18,1 milhões de visualizações desde sua estreia e continua atraindo curiosos. Aproveitando o burburinho crescente em torno deles, eles gravaram e lançaram de forma independente seu primeiro EP, Fractured Fairytales, além de adquirir um segundo guitarrista - Robin Koezen. Este EP estabeleceu uma base impressionante para o som etéreo e de tirar o fôlego da banda e trouxe novas oportunidades, incluindo datas para uma turnê que passou pela Holanda, Alemanha, Bélgica, França, Suíça, República Tcheca, Hungria e muito mais, onde tocaram ao lado de EPICA, HALESTORM, IN THIS MOMENT, DELAIN e MAYAN. Para seguir em frente com controle total de seus ideais criativos, a banda financiou com sucesso o EP seguinte intitulado We'd Rather Burn, e o trouxe à vida em outubro de 2018. Este EP seria a primeira vez que a banda trabalharia ao lado do cultuado produtor Joost van den Broek, e essa colaboração permitiu que o som caprichoso e enigmático de Blackbriar atingisse novos patamares sonoros. A banda lançou no mesmo dia um vídeoclipe feito por eles mesmos para a faixa 'I'd Rather Burn', o EP consequentemente exibiu uma sensação mais forte de atmosfera onírica e trouxe aos ouvintes contos lindamente sombrios de bruxas, criaturas da floresta e sereias do mar. O tecladista Ruben Wijga (ex-Re-Vamp) começou a assumir um papel maior e começou a fazer shows e se envolveu completamente no processo de composição das músicas desde Fractured Fairytales.


Seguiu-se um agitado 2019, a banda lançou o mais obscuro single 'Snow White and Rose Red' em maio daquele ano. Um dueto com Ulli Perhonen, sua visão dos contos de fadas dos Grimm apresentava visuais cinematográficos impressionantes para acompanhar a trilha fascinante. Continuando a se aprofundar nos reinos dos contos de fadas, o BLACKBRIAR fechou o ano com seu terceiro EP, Our Mortal Remains. Sempre aprimorando sua mistura inebriante de narrativa e musicalidade de tirar o fôlego, o EP também trouxe novas oportunidades ao vivo. Seguiram-se pequenas turnês esgotadas com o EPICA em 2019 e 2020, bem como uma apresentação de abertura esgotada para o show de lançamento do álbum Apocalypse & Chill, do Delain, em Utrecht. Os planos para o futuro da banda foram suspensos devido ao COVID-19. Defendendo sua independência contínua, que incluía tudo, desde a composição de músicas, manutenção de sua presença na web, supervisão de merchandising, bem como filmagem e produção de seus próprios vídeos e fotos, Blackbriar procurou seus fãs assíduos e leais para obter fundos para tornar seu trabalho completo.


Os fãs atenderam com fervor ao apelo, atingindo a meta dos € 25.000 em menos de 24 horas, terminando com um total de € 70.000 para a gravação do álbum. Foi uma conquista impressionante para uma banda independente, provando sua forte presença na Internet, com mais de 214.000 inscritos no YouTube e 46,1 milhões de visualizações de canal, além de 27,6 milhões de transmissões no Spotify e 150.000 ouvintes mensais. Entrando em 2021, a banda abriu um pouco mão do controle ao assinar com a Doomstar Bookings para ajudar a apoiar adequadamente seu primeiro álbum de estúdio, The Cause of Shipwreck, lançado em abril daquele ano. Foi gravado com o renomado produtor Joost van den Broek (Epica, Ayreon, Powerwolf) no Sandlane Recording Facilities, e este lançamento mostrou a evolução contínua da banda com sua narrativa gótica magistralmente sombria e estética teatral. No palco e ao vivo, a banda alcançou o sucesso com seis shows esgotados em casas de shows holandesas, estendendo-se posteriormente a mais territórios europeus, como Alemanha, Bélgica, Suíça, França e República Tcheca.


Apesar de um 2021 de muito sucesso, a banda ainda ansiava por mais, lançando seu último single, 'Fairy of the Bog' em dezembro daquele ano. A faixa é uma mistura de folclore, mito e história antiga regional em um pacote mais místico e mágico, mostrando o que o BLACKBRIAR faz de melhor. Em abril, a banda se separou do membro fundador e baixista Frank Akkerman, dando as boas-vindas a Siebe Sol Sijpkens, da Holanda, como seu novo baixista. Um artista feliz e enérgico com uma vida inteira de apresentações globais, ele é uma adição bem-vinda á banda que está em contínuo esforço. Com sua visão olhando firmemente para o futuro, com uma grande gravadora por trás deles, eles estão de olho em 2023 para evocar seu canto de sereia mais mortal até agora. Muito elogiados e nomeados três vezes para 'Melhor Artista' no EuroSonic/Noorderslag's Popgala Noord Awards (2018, 2020, 2022), e apoio contínuo dos fãs com totais mensais atuais de streaming no YouTube e Spotify se aproximando de 1 milhão de transmissões, o mundo está preparado e pronto para uma jornada espetacular. BLACKBRIARcontinua subindo e está pronto para atraí-lo para o mar para que que seja arrastado por ganchos viciantes, paisagens sonoras cinematográficas e narrativas sombrias e caprichosas.


BLACKBRIAR é:

Zora Cock - VOZ

René Boxem - BATERIA

Bart Winters - GUITARRAS

Robin Koezen - GUITARRAS

Siebe Sol Sijpkens - BAIXO

Ruben Wijga - TELCADO

Comments


bottom of page