top of page
Buscar
  • Foto do escritorRicardo Bernardo

RIVAL SONS lança novo álbum LIGHTBRINGER

RIVAL SONS LANÇA NOVO ÁLBUM LIGHTBRINGER AGUARDADO COMPANHEIRO DO DISCO DARKFIGHTER AGORA DISPONÍVEL OUÇA AQUI TURNÊ COMO HEADLINER NO REINO UNIDO & EUROPA EM ANDAMENTO



LIGHTBRINGER Crédito: Patrik Skoglöw

A banda indicada ao GRAMMY duas vezes, Rival Sons, lançou seu muito aguardado novo álbum, LIGHTBRINGER, via Low Country Sound / Atlantic Records [arte do projeto / tracklist abaixo]. Disponível em todas as plataformas de streaming, LIGHTBRINGER marca de forma notável a segunda oferta de disco completo do grupo lançada em 2023, seguindo o trabalho companheiro de junho aclamado pela crítica, DARKFIGHTER. Além disso, LIGHTBRINGER está disponível em CD pela Wikimetal Store. "Rival Sons prova que sempre há espaço para luz entrar", declarou Classic Rock em uma resenha do novo álbum enquanto MOJO elogiou que "‘Mercy’ os leva a um novo nível e 'Mosaic' pode se tornar seu épico definidor de carreira". American Songwriter observou que o projeto "oferece uma fuga energizante das preocupações do dia a dia", e All About Rock afirmou: "além dos elogios, isso deverá vê-los inundados com uma nova geração de fãs cujas vidas de repente são embaladas pela trilha sonora do Rival Sons." Rival Sons criou LIGHTBRINGER e DARKFIGHTER durante as mesmas sessões ao longo de 2021. Mais uma vez, eles gravaram com o confidente criativo e produtor de longa data Dave Cobb à frente do trabalho. A banda lançou inicialmente DARKFIGHTER, recebendo elogios unânimes da crítica especializada no início deste verão. Classic Rock declarou: "DARKFIGHTER pode ser a obra-prima do Rival Sons", e a revista GLIDE entusiasmou-se: "DARKFIGHTER é um disco de hard rock enxuto que condensa o que o Rival Sons faz de melhor em um ataque breve." Ao mesmo tempo, eles acumularam milhões de reproduções em faixas como "Nobody Wants To Die", "Bird in the Hand", "Rapture" e mais. Sobre LIGHTBRINGER, Scott disse: "Quando você faz dois álbuns consecutivos como esse, há muitas coisas a se pensar. O primeiro precisa ter energia suficiente e contar história o suficiente para que a segunda metade tenha um impacto ainda maior. Nós equilibramos com energia e significado, mas o projeto subsequente sempre precisou causar um impacto maior. Eu acredito que LIGHTBRINGER alcança isso." Jay acrescentou: "DARKFIGHTER é um novo Rival Sons, e LIGHTBRINGER é a clara definição do que somos agora. Iniciamos algo novo com DARKFIGHTER, mas LIGHTBRINGER é um passo além na inovação e exploração pessoal. Ele vai um pouco mais longe. Realmente tomamos tudo em nossas próprias mãos e empurramos para ver o quão longe poderíamos ir. Foi uma exploração pessoal ver quem éramos e quem seremos agora. Tivemos mais atritos e compromissos do que nunca, porque isolamos a essência nua de onde precisávamos ir - e então fomos lá." Rival Sons recentemente concluiu uma turnê pelos Estados Unidos com The Smashing Pumpkins e atualmente está esgotando arenas em toda Europa, em um aguardado retorno à sua base de fãs europeus. Conhecido por suas performances ao vivo, Rival Sons não decepcionou, apresentando as novas músicas de DARKFIGHTER e LIGHTBRINGER ao público do Reino Unido esta semana. RushonRock afirmou: "Mais de uma década depois e o vocalista sem igual está em uma liga etérea própria - celebrando o catálogo em constante evolução dos Sons com a confiança de um artista empoderado que está em harmonia com seu trabalho." Metal Talk declarou: "Do início ao fim, este foi um show que ressoará nos ouvidos agradecidos de - posso apenas presumir - todos que testemunharam. Este realmente é o ano do Rival Sons. E ainda não acabou." A turnê continua esta noite com uma apresentação no Cambridge Corn Exchange, em Cambridge, Reino Unido, e se estende até o final de novembro [itinerário da turnê abaixo]. Para ingressos e mais informações sobre as próximas datas da turnê do Rival Sons, visite www.rivalsons.com/tour. [arte do disco / tracklist / itinerário da turnê abaixo]




  1. Darkfighter

  2. Mercy

  3. Redemption

  4. Sweet Life

  5. Before The Fire

  6. Mosaic

DATAS DA TURNÊ 10/20 Cambridge, Reino Unido Cambridge Corn Exchange 10/21 Bristol, Reino Unido O2 Academy [ESGOTADO] 10/22 Southampton, Reino Unido O2 Guildhall 10/24 Nantes, França La Carrière [ESGOTADO] 10/25 Lyon, França Le Radiant 10/27 Paris, França L’Olympia [ESGOTADO] 10/28 Lausanne, Suíca Les Docks [ESGOTADO] 10/29 Milão, Itália Alcatraz 10/31 Viena, Áustria Gasometer 11/1 Zurique, Suíca X-TRA 11/2 Munique, Alemanha Theaterfabrik [ESGOTADO] 11/4 Praga, República Tcheca Lucerna Music Bar [ESGOTADO] 11/5 Varsóvia, Polônia Klub Stodola 11/6 Posnânia, Polônia Music Club B17 11/8 Berlim, Alemanha Huxleys 11/9 Amesterdã, Holanda Melkweg Max [ESGOTADO] 11/10 Colônia, Alemanha Kantine [ESGOTADO] 11/12 Bruxelas, Bélgica Ancienne Belgique [ESGOTADO] 11/13 Hamburgo, Alemanha Grosse Freiheit 36 [ESGOTADO] 11/14 Copenhague, Dinamarca The Grey Hall 11/16 Bergen, Noruega Forum Scene [ESGOTADO] 11/17 Oslo, Noruega Sentrum Scene [ESGOTADO] 11/18 Estocolmo, Suécia B-K 11/20 Helsinque, Finlândia House of Culture 11/21 Tampere, Finlândia Tampere Hall 10/20 - 11/21 – Turnê Europeia como Headliner

Sobre Rival Sons: Como um grupo de independentes experientes e leais, Rival Sons definitivamente marcha ao som do seu próprio tambor. Justo quando você pensa que os entendeu, o quarteto de Los Angeles - Jay Buchanan [vocal, violão], Scott Holiday [guitarra], Mike Miley [bateria] e Dave Beste [baixo] - vira o roteiro e surpreende você mais uma vez. Sua emergência é inexplicável da melhor maneira possível. Eles nunca se encaixam em nenhuma era ou categoria, mas seu espírito intransigente pode ser mais necessário hoje do que nunca. Um toque de sofisticação, um pouco de mistério e um compromisso inabalável com a arte do rock 'n' roll percorrem seu extenso catálogo, destacado por projetos como Pressure & Time [2011], Great Western Valkyrie [2014] e Feral Roots [2019], que rendeu duas indicações ao GRAMMY® Awards nas categorias de "Melhor Álbum de Rock" e "Melhor Performance de Rock" para o single "Too Bad". Enquanto isso, o hit número 1 nas paradas de Rock da rádio, "Do Your Worst", acumulou 70 milhões de streams e contando. Ao mesmo tempo, eles se destacaram no palco ao lado de Black Sabbath, The Rolling Stones, AC/DC, Guns N' Roses e Lenny Kravitz, além de terem feito performances explosivas em programas de televisão como The Late Late Show with James Corden, Jools Holland e Jimmy Kimmel. Em 2023, eles continuam a desafiar as expectativas com dois álbuns completos - DARKFIGHTER e LIGHTBRINGER [Low Country Sound / Atlantic Records] - e mais por vir. # # #

Commentaires


bottom of page